Número total de visualizações de página

sábado, 17 de janeiro de 2009

As duas locomotivas do mundo

A Alemanha continua a ser o principal exportador mundial de produtos seguido de muito perto da China, segundo os dados da Organização Mundial do Comércio para os primeiros onze meses de 2008. A China, entretanto, ultrapassou a Alemanha em produto interno bruto e alcançou o 4º lugar depois dos EUA, Zona Euro e Japão, ou a terceira posição se a Zona Euro não for considerada como um bloco.

A guerra pela liderança das exportações mundiais de produtos continua entre a Alemanha e a China, as duas locomotivas actuais do comércio internacional.

A Alemanha lidera a exportação de produtos desde 2003 quando ultrapassou os Estados Unidos.

Segundo dados da Organização Mundial do Comércio (OMC), divulgados esta semana por um dos seus peritos, a Alemanha manteria a liderança durante os onze meses de 2008, com um total de 1,4 biliões de dólares (triliões na designação anglo-saxónica, ou seja 1.400 mil milhões de dólares) de produtos exportados, distanciada ainda da China por uma barreira de 60 mil milhões. Contudo os analistas prevêem que esta corrida possa ser ganha, finalmente, pela China em 2009.

Fruto deste dinamismo económico externo (a China é uma economia aberta em 38%, um ponto percentual mais que a portuguesa), o produto interno bruto (PIB) da República Popular cresceu 13% em 2008, dois pontos percentuais mais do que em 2007, um ritmo de crescimento que já não se observava naquele país desde 1993.

5 maiores economias:
Estados Unidos, a Zona Euro, o Japão, a China e a Alemanha.
(dados I.N.E.)

Banco mundial ai anuncia 2,1% / contracção do comercio

Em

Sem comentários:

Enviar um comentário

Pesquisa personalizada