Número total de visualizações de página

quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

Alguém com bom senso:: Carlos Tavares propõe capitalização das empresas não financeiras

Carlos Tavares considera que é preciso capitalizar empresas não financeiras e não só os bancos e diz que é preciso eliminar "alçapões" da regulação e supervisão.

Carlos Tavares considera que é preciso capitalizar empresas não financeiras e não só os bancos e diz que é preciso eliminar “alçapões” da regulação e supervisão.

Para o responsável é necessário “aplicar de forma estrita as exigências da directiva dos mercados e intermediários financeiros a intermediários, fiscalizar análises de crédito e ‘reearchs’, harmonizar e racionalizar informação financeira e desalavancar a economia”.

“Esta é talvez a grande questão. Tornar a economia menos dependente do endividamento, capitalizando empresas não financeiras e não só os bancos”, sublinhou o presidente da CMVM, explicando que “o que tem aumentado muito é o endividamento das empresas não financeiras que superou o PIB no final de 2007. Este é um grande risco por causa do risco de aumento dos ‘spreads’”.

Por causa do endividamento, considera Carlos Tavares, "este é um bom momento para as empresas virem para a bolsa, através da cotação ou dos fundos de capital de risco”.

"A recapitalização das empresas vai ser necessária", alertou o responsável, acrescentando que "é um bom momento para as empresas se prepararem para ir ao mercado".


“Há que aperfeiçoar os modelos de regulação europeu e mundial”, alerta ainda o presidente da CMVM, acrescentando que “deve-se reajustar o paradigma da política monetária em termos objectivos” e “há que restaurar os valores tradicionais da banca, de confiança, credibilidade e defesa dos clientes”.

por:
Maria João Gago
mjgago@mediafin.pt

Sem comentários:

Enviar um comentário

Pesquisa personalizada