Número total de visualizações de página

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

total acumulado de 2244 casos de infecção pelo vírus da Gripe A (H1N1).

Portugal regista, no final da 34.ª semana.

Até ao final da 34.ª semana (23 de Agosto), verificou‐se um total acumulado de 2244 casos confirmados de infecção pelo vírus da Gripe A (H1N1), dos quais 24% foram importados e 76% secundários ou terciários. Destes últimos, 61% são casos sem link epidemiológico conhecido.

A prevalência acumulada de casos internados em Unidades de Cuidados Intensivos tendo necessitado de ventilação foi de dez doentes (um dos quais já teve alta).

A média etária foi de 22,4 anos, sendo a do sexo feminino de 21,8 anos e a do sexo masculino de 22,2 anos. Apenas 3,7% dos indivíduos apresentam idade igual ou superior a 50 anos, 12,9% dos casos correspondem a crianças com idade inferior a 10 anos e 40,5% são referentes a indivíduos com idade igual ou inferior a 19 anos. Note‐se que 88,5% dos casos são referentes a indivíduos com uma idade igual ou inferior a 39 anos.

A maioria dos casos ocorreu no Continente, 92 casos referem‐se à Região Autónoma dos Açores e 27 casos à Região Autónoma da Madeira.

Quando se analisam os sintomas apresentados consoante a idade dos indivíduos, constata‐se que a febre e a tosse são os sintomas mais mencionados, não variando com a idade. A rinorreia e a odinifagia são o terceiro e o quarto sintomas mais referidos na classe dos 0‐9 anos, enquanto nas restantes idades são as cefaleias e as mialgias. Com excepção das artralgias, mais referidas por classes etárias mais elevadas, todos os outros sintomas são equiparados em qualquer classe etária em análise

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Pesquisa personalizada